Morre aos 71 anos o produtor musical e jurado de TV Arnaldo Saccomani


Ele foi jurado dos programas Astros, Ídolos e Qual É o Seu Talento

O produtor musical Arnaldo Saccomani; que trabalhou em discos de Ronnie Von, Mutantes, Rita Lee, Tim Maia e Hannah Lima.

Segundo a família, ele estava em seu sítio no interior paulista, na madrugada desta quinta (27). Saccomani sofria de insuficiência renal e diabetes. Ele produziu álbuns de Tim Maia, Rita Lee, entre outros.

Morreu na madrugada desta quinta-feira (27) o produtor musical Arnaldo Saccomani. Ele tinha completado 71 anos na última segunda (24). Segundo a família, ele sofria de insuficiência renal e diabetes e começou a fazer hemodiálise em julho do ano passado.

Saccomani é um dos grandes nomes da cena musical brasileira. Ele começou a carreira em 1960 e produziu nomes como Rita Lee e Tim Maia (leia mais abaixo). O artista ficou conhecido do público ao participar de programas caça-talentos, onde costumava desempenhar o papel de jurado exigente e imprevisível. Os últimos trabalhos dele na TV foram no SBT.

De acordo com a família, Saccomani estava em seu sítio em Indaiatuba, no interior de São Paulo. Ele deixa a mulher e duas filhas. Apesar dos problemas de saúde que ele sofria, a família ainda não divulgou a causa da morte.


O corpo de Saccomani foi velado no Cemitério Memorial Parque Paulista, em Embu das Artes, por volta das 10h.

Trajetória

Arnaldo Saccomani começou a carreira na década de 1960 e produziu álbuns de grandes artistas da música brasileira, como Tim Maia, Rita Lee, Ronnie Von, Fábio Júnior, entre outros.

O produtor musical, compositor e instrumentista atuou por muitos anos como jurados de programas de talentos em rádio e televisão e também trabalhou com o cantor mexicano Luís Miguel.

Saccomani também foi produtor musical do SBT — Foto: João Raposo

O produtor ficou conhecido pela postura ríspida e altamente crítica em programas de calouros como “Astros”, “Ídolos” e “Qual é o Seu Talento?”, todos no SBT, onde ele também realizou os últimos trabalhos na televisão.

Na década de 1990, Saccomani foi o responsável pelo lançamento do estilo que ficou conhecido como pagode romântico e estabeleceu contato entre o grupo Mamonas Assassinas e a gravadora que os lançou nacionalmente.

Repercussão

Rick Bonadio, produtor musical

“É com uma profunda tristeza que dedico esse espaço ao grande amigo, mestre e pessoa que me deu as primeiras oportunidades e incentivos na minha carreira na música. Arnaldo Saccomani partiu agora a pouco. Sua querida filha Thais me avisou pois sabia da nossa relação de amizade e vida. O Arnaldo é um dos maiores produtores musicais desse país se não o maior. Talentoso, carismático e o rei dos comentários inesperados, mas profundamente pertinentes. Obrigado por todos os ensinamentos mestre Lindaço, te conheci por um equívoco do destino e graças a você pude fazer o que mais amo na vida. Descanse em paz.”

Larissa Manoela, atriz e cantora

“Hoje o dia acordou triste, meu querido produtor musical fez a passagem dele! Mas o meu sentimento é de total gratidão a ele que foi a pessoa que me deu a oportunidade de gravar a minha primeira música e meu primeiro CD. Arnaldo Saccomani confiou em mim e entregou a música ‘Beijo Beijinho Beijão’ para eu interpretar na trilha sonora de Carrossel. Desde lá surgiu uma união, cumplicidade e respeito de intérprete e produtor musical. Meu eterno carinho e admiração pela pessoa e profissional que ele foi! Meus sentimentos a toda família que carrego como minha também. Descanse em paz meu querido, te carrego no peito, eterna gratidão.”

Latino, cantor

“Meu Deus ! Não acredito. Perdemos um grande mestre.”

Os Travessos, banda de pagode

“Hoje nos deixou uma pessoa muito importante na nossa carreira, compositor de inúmeros sucessos dos @ostravessos e de outros grandes artistas, um grande produtor musical, apresentador de TV, uma pessoa muito bacana.”

Jeito Moleque, banda de pagode

“Esse cara simplesmente DESCOBRIU o Jeito Moleque. Obrigado Arnaldo por tudo que fez por nós e pela música. Você é luz. Descanse em paz.”

Simony, cantora

“Que tristeza, meu Deus. Quantos presentes você me deu em canções quanto aprendizado. Quantos encontros tivemos muitas vezes por acaso aqui em alpha e nosso carinho, respeito admiração era mútuo. Obrigada por suas obras que vão ficar eternizadas. Obrigada por esse último presente a música, meu porto seguro. Que sua passagem seja em paz. Saudades eternas.”

Uma das filhas de Arnaldo, Thais Saccomani, também se manifestou em sua conta no Instagram. “Eu fico com a certeza que me apoia ,me abraça de um dia nos reencontrarmos”, disse.

O SBT, onde Saccomani fez parte de muitos programas e exerceu o cargo de diretor musical de teledramaturgia, publicou uma nota de pesar sobre a morte do produtor. Veja na íntegra:

“É com profundo pesar que o SBT lamenta o falecimento do produtor musical e jurado Arnaldo Saccomani, de 71 anos, vítima de insuficiência renal. Saccomani estava em seu sítio, na cidade de Indaiatuba, interior de São Paulo.

Com uma carreira vitoriosa de mais de 50 anos na indústria fonográfica, Arnaldo Saccomani foi responsável pela trajetória musical de grandes cantores, bandas e conjuntos musicais como Ronnie Von, Tim Maia, Os Mutantes, Fábio Jr e Os Travessos. Estabeleceu a carreira de Tiririca, intermediou o contrato de Mamonas Assassinas com a gravadora EMI, e foi responsável pelos grandes sucessos musicais de Mara Maravilha.

Além de produtor e compositor, Saccomani atuou como jurado de realities nos últimos anos, tendo feito parte, no SBT, dos programas Ídolos, Astros e Qual é o Seu Talento?, onde se destacou com as críticas contundentes, que o levou a fazer parte do quadro Dez ou Mil, do Programa do Ratinho, onde participava semanalmente, mas estava afastado por conta do risco da Covid-19.

Arnaldo Saccomani também foi diretor musical da teledramaturgia do SBT, tendo participado ativamente da trilha sonora das novelas Carrossel, Chiquititas, Cúmplices de Um Resgate, Carinha de Anjo e As Aventuras de Poliana.

O compositor deixa a esposa Vera e duas filhas. O SBT presta solidariedade e deseja que Deus conforte sua família.

O velório acontece até o meio-dia no Cemitério Memorial Parque Paulista em Embu das Artes.”

Fonte: G1


DEIXE SEU COMENTÁRIO



PODERÁ GOSTAR TAMBÉM: